top of page
Kleber Pagu
Fundador e Presidente
Imagem do colaborador Kleber Pagu

​Artista, Arte-educador, Produtor, Curador e Ativista Cultural. Fundador e Presidente do Museu CÉU - Museu de Arte a Céu Aberto, Diretor de Projetos na Axé No Corre Produções e no Instituto Artx. Graduando em Sociologia e Política pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Idealizador do Circuito # Arte Não é Privilégio, Pagu é um dos principais expoentes das Artes Urbanas Contemporâneas e suas produções artísticas ocupam grandes espaços urbanos, como o Boulevard Olímpico (RJ) e a Galeria Parque Minhocão (SP), onde produziu diversos murais com uma rica diversidade de artistas. Também é um dos principais articuladores do Projeto de Lei 379/2020 que reconhece mais de 60 polos culturais a céu aberto na cidade de São Paulo.

Fernanda Bueno
Vice Presidente
Imagem da colaboradora Fernanda Bueno

​Bailarina, Coreógrafa, Jornalista, Curadora, Produtora, Gestora e Ativista Cultural. Coordenadora Artística do Balé da Cidade de São Paulo, Corpo Artístico de Dança do Theatro Municipal de São Paulo; Diretora Executiva da Axé No Corre Produções e do Instituto Artxs; Vice-Presidente e Diretora Administrativa e Financeira do Museu Céu. Formada pela Escola Municipal de Bailados em São Paulo, Graduada em Jornalismo pela Universidade Paulista de São Paulo e Mestranda em Gestão e Políticas Públicas na Fundação Getúlio Vargas em São Paulo.

Darcilei Gonçalves
Consultor de inovação
Imagem do colaborador Darcilei Gonçalves

​Consultor de Inovação, Pesquisador da Experiência do Usuário e Mercadólogo. Coordenador de Acervo do Museu CÉU (Museu de Arte a Céu Aberto). Formado pela faculdade de Marketing Estácio, Experiência do usuário pela Digital House e Graduando em Sociologia e Política pela FESPSP em São Paulo.

Nosso time

Kleber Pagu
Fundador e Presidente
Imagem do Kleber Pagu que trabalha no CÉU

Artista, Arte-educador, Produtor, Curador e Ativista Cultural. Fundador e Presidente do Museu CÉU, Diretor de Projetos na Axé No Corre Produções e no Instituto Artx. Graduando em Sociologia e Política pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Idealizador do Circuito # Arte Não é Privilégio, Pagu é um dos principais expoentes das Artes Urbanas Contemporâneas e suas produções artísticas ocupam grandes espaços urbanos, como o Boulevard Olímpico (RJ) e a Galeria Parque Minhocão (SP), onde produziu diversos murais com uma rica diversidade de artistas. Também é um dos principais articuladores do Projeto de Lei 379/2020 que reconhece mais de 60 polos culturais a céu aberto na cidade de São Paulo.

Fernanda Bueno
Vice Presidente
Imagem da Fernanda Bueno que trabalha no CÉU

Bailarina, Coreógrafa, Jornalista, Curadora, Produtora, Gestora e Ativista Cultural. Coordenadora Artística do Balé da Cidade de São Paulo, Corpo Artístico de Dança do Theatro Municipal de São Paulo; Diretora Executiva da Axé No Corre Produções e do Instituto Artxs; Vice-Presidente e Diretora Administrativa e Financeira do Museu Céu. Formada pela Escola Municipal de Bailados em São Paulo, Graduada em Jornalismo pela Universidade Paulista de São Paulo e Mestranda em Gestão e Políticas Públicas na Fundação Getúlio Vargas em São Paulo.

Darcilei Gonçalves
Consultor de Inovação
imagem do Darcilei Gonçalves que trabalha no CÉU

Consultor de Inovação, Pesquisador da Experiência do Usuário e Mercadólogo. Coordenador de Acervo do Museu CÉU. Formado pela faculdade de Marketing Estácio, Experiência do usuário pela Digital House e Graduando em Sociologia e Política pela FESPSP em São Paulo.

Nosso time

Sobre nós

O CÉU, como pioneira instituição cultural na América Latina dedicada exclusivamente às Artes Urbanas, reconhece o grafite como uma expressão intrinsecamente enraizada na sociedade, desempenhando um papel transformador. Comprometido com a preservação e promoção das Artes Urbanas, especialmente do grafite, como elementos primordiais do patrimônio cultural brasileiro, o CÉU busca valorizar e reconhecer as contribuições dos artistas urbanos para a riqueza cultural e social do país.

Por meio de seu centro de referência e memória, o CÉU promove diversas iniciativas educacionais e artísticas, visando o aprimoramento e empoderamento deste movimento historicamente marginalizado. Tais iniciativas incluem programas educacionais, oficinas e residências artísticas, proporcionando não apenas oportunidades para o desenvolvimento pessoal, mas também para a expressão criativa, exaltando a diversidade cultural e promovendo a inclusão social, especialmente em espaços e arquiteturas ociosas ou degradadas.

O CÉU estabelece parcerias estratégicas com organizações locais e líderes comunitários para conceber projetos colaborativos que abordam questões sociais prementes, como a violência urbana, climática, discriminação e acesso limitado a serviços básicos. Além de servirem como plataforma para artistas que estão fora do circuito das artes oficiais, esses projetos visam catalisar transformações nas comunidades, fomentando uma cultura de inclusão e justiça.

Comprometido com a salvaguarda das Artes Urbanas, o CÉU dedica atenção especial ao grafite, reconhecendo-o como uma expressão singular e efêmera que reflete as complexidades da vida urbana contemporânea. Através de suas iniciativas e programas, a instituição não apenas busca fomentar o reconhecimento do grafite como uma forma legítima de arte, mas também trabalha diligentemente para preservar sua história, contexto e impacto social para as gerações futuras.

​MISSÃO

Promover o ecossistema de artistas e galerias independentes de Artes Urbanas, desenvolvendo ações e territórios culturais para acesso aos direitos fundamentais e cidades mais criativas e sustentáveis.

​VISÃO

Somos dezenas de milhares, presentes em todos os lugares, solidários, comunitários e gratuitos. Nossa arte reflete a sociedade em seu cotidiano. Isso não é futuro, é presente.

VALORES
​# Arte Não é Privilégio
  • Arte Não é Privilégio: Combate o acesso limitado à arte e à cultura no Brasil.

  • Espaço Público: Protege o espaço comum para expressão cultural.

  • Nosso DNA: Arte participativa, gratuita e vital, contribuindo para a requalificação urbana e qualidade de vida.

Ação Direta (projetos)

O CÉU enfrenta os desafios sociais com uma abordagem direta, desenvolvendo e colaborando em projetos que promovem as Artes Urbanas como ferramenta de transformação e inclusão. Esses projetos incluem a produção e colaboração na criação de galerias e obras de arte a céu aberto em todo o território nacional. Buscando valorizar e promover as Artes Urbanas, oferecendo uma plataforma para artistas e estimulando o diálogo entre diferentes comunidades. Esses projetos são acessíveis a todos, sendo 100% gratuitos e de livre acesso para toda a população atendida. Ao facilitar o acesso à arte urbana em espaços públicos, o CÉU promove experiências sociais coletivas que enriquecem a vida cultural das cidades e contribuem para a construção de comunidades mais inclusivas e engajadas. Além disso, a instituição se empenha em preservar a memória das Artes Urbanas, conduzindo pesquisas e estudos contínuos sobre a história desse movimento artístico no Brasil. Esses esforços resultam em um acervo rico em conteúdo multimídia, disponibilizado gratuitamente e virtualmente ao público.

Ação em Rede

O CÉU reconhece a importância do trabalho em rede para o desenvolvimento e sustentabilidade das Artes Urbanas no Brasil. Busca promover a colaboração e o intercâmbio entre artistas, coletivos, instituições culturais, comunidades locais e órgãos governamentais, fortalecendo os laços entre os agentes envolvidos e criando uma rede de apoio mútuo e solidariedade. Essa abordagem reflete o compromisso do CÉU em promover um ambiente de colaboração e inclusão, onde as Artes Urbanas possam contribuir para um mundo mais criativo, justo e sustentável.

Ação Indireta (Advocacy)

O CÉU desempenha um papel fundamental na defesa e promoção das Artes Urbanas, não apenas por meio de suas atividades diretas, mas também por seu engajamento em advocacia e diálogo com diversas instâncias do poder público. Aqui estão alguns exemplos:

1. Programa "Museu de Arte de Rua" da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo:
  • O CÉU contribuiu para a criação deste programa de fomento, que visa valorizar e promover a arte urbana na cidade de São Paulo, reconhecendo-a como parte integrante e importante do cenário cultural local.

2. Projeto de Lei 379/2020 - Oficialização da Cidade de São Paulo como Galeria de Arte a Céu Aberto:
  • O CÉU empenhou esforços conjuntos para a concepção e tramitação deste projeto de lei, que busca oficializar a cidade de São Paulo como uma galeria de arte a céu aberto, reconhecendo e valorizando seu vasto patrimônio artístico urbano.

3. Inclusão das Artes Urbanas no Relatório Conclusivo da 4ª Conferência Nacional de Cultura:
  • O CÉU teve participação ativa na inclusão das Artes Urbanas no relatório conclusivo desta conferência, promovida pelo Ministério da Cultura - Governo Federal, conferindo-lhes o status oficial de dimensão relevante da cultura nacional, e destacando sua importância para a diversidade cultural do país.

Diálogo com a Funarte e o IPHAN para Construção de Políticas Públicas Integradas:
  • O CÉU estabeleceu diálogo inédito com a Fundação Nacional de Artes (Funarte) e com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para a construção integrada de políticas públicas voltadas para as Artes Urbanas, visando reconhecer, proteger e promover esse importante segmento das artes e da cultura brasileira.

Por meio dessas ações, o CÉU busca garantir o reconhecimento, a valorização e a preservação das Artes Urbanas como parte essencial do patrimônio cultural brasileiro, além de promover oportunidades e espaços para os artistas urbanos expressarem sua criatividade e contribuírem para o enriquecimento cultural das cidades.

Nosso time

Kleber Pagu
Kleber Pagu

Direção

Fernanda Bueno
Fernanda Bueno

Coordenação

Ivanna Soutto
Ivanna Soutto

Produtora Executiva

Willian Alexandrino
Willian Alexandrino

Novos Negócios

Erika Pessoa
Erika Pessoa

Relacionamentos

Marília de Lima
Marília de Lima

Projeto

Sylvio Novelli
Sylvio Novelli

Imprensa

Dadá Jr.
Dadá Jr.

Inovação

Felipe Salles
Felipe Salles

Digital

Sato do Brasil
Sato do Brasil

Conteúdos

William Dantas
William Dantas

Produção

Daniel Biral
Daniel Biral

Jurídico

bottom of page