top of page
logomarca do CÉU

Video: Guilherme Couto

Acervo CÉU

Guia Virtual
Beco do Batman

​Nossas boas-vindas

Você está no Guia Virtual da Galeria de Artes Beco do Batman - Distrito Cultural Independente da Vila Madalena. Aqui você encontrará fotos, vídeos documentários, textos explicativos, entrevistas e outras informações sobre obras e artistas dessa galeria que se estende por toda a Vila Madalena, demarcando este território como um dos principais berços e celeiros do movimento do graffiti nacional.

Faça parte e nos ajude a construir essa história. Participe cadastrando novas obras, galerias ou sugerindo correções, acesse Collab com o Museu

1/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

2/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

3/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

4/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

5/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

6/53

Obra não identificado

Alemão Art
Alemão Art

7/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

8/53

Obra não identificado

Mag Magrela
Mag Magrela

9/53

2020

Prozak
Prozak

10/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

11/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

12/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

13/53

2022

Bugre (Kleberson Menezes)
Bugre (Kleberson Menezes)

14/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

15/53

2022

Jerry Batista
Jerry Batista

16/53

MURAL BATMAN DAY, 2023

Wagner Loud & Fernanda Luz
Wagner Loud & Fernanda Luz

17/53

REDESCONSTRUÇÃO, 2021

Enivo
Enivo

18/53

2021

Rafael Highraff
Rafael Highraff

19/53

2023

Dr 13
Dr 13

20/53

2023

Saci Candido
Saci Candido

21/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

22/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

23/53

2023

Thobias Daneluz
Thobias Daneluz

24/53

2021

Celso Gitahy
Celso Gitahy

25/53

Obra não identificado

Marcelo Ruggi – Tché
Marcelo Ruggi – Tché

26/53

2023

Brutto
Brutto

27/53

2023

Age
Age

28/53

2021

Matias Espacial
Matias Espacial

29/53

2023

Doug Street Art
Doug Street Art

30/53

2023

Prozak
Prozak

31/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

32/53

2023

Boleta Bike (Vicio)
Boleta Bike (Vicio)

33/53

2023

Tikka Meszaros
Tikka Meszaros

34/53

Obra não identificado

Gnos
Gnos

35/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

36/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

37/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

38/53

2023

Binho
Binho

39/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

40/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

41/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

42/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

43/53

2023

SeteOito
SeteOito

44/53

2023

Brutto
Brutto

45/53

2023

Leandro Cinico
Leandro Cinico

46/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

47/53

2021

Artista não identificado
Artista não identificado

48/53

2023

Binho
Binho

49/53

2021

Artista não identificado
Artista não identificado

50/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

51/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

52/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

53/53

Obra não identificado

Artista não identificado
Artista não identificado

Obras

Entorno do Beco do Batman

Vídeos

Mostras Brasileires

13 artistas, 2020/2021

Apenas Pense

Arnaldo Antunes

Eu era outro lugar

Felipe Morozini

Eu sabia que você existia

Felipe Morozini

Eu me vejo em você

Felipe Morozini

Rio Anhanguera 

Zezão

Mostra Link

Diversos artistas/estudantes 

  • O Beco do Batman sempre foi um dos principais pólos representantes da arte urbana brasileira, até mesmo quando não levava o nome do herói da DC.
     

    Não se sabe quem ou exatamente quando, mas foi na década de 80 que o morcego apareceu no bairro da Vila Madalena. Foi o ponto de virada para as ruas Gonçalo Afonso & Medeiros de Albuquerque serem ocupadas com arte e começarem a se tornar um dos principais espaços no debate sobre a democratização do acesso à arte, atraindo no começo estudantes e depois entusiastas, galeristas, produtores, artistas e muito público. Hoje os graffitis e intervenções artísticas se estendem também a Rua Aspicuelta, Harmonia, Escadaria do Patápio e se espalham por todo o bairro da Vila Madalena.
     

    E a história da arte urbana na cidade de São Paulo tem uma grande relação com essa conhecida travessa firmada nos arredores deste bairro boêmio, em que você encontra até árvores de Pau-Brasil. 
     

    Há quem diga que a combinação dessas ruas com arte começa com as pinturas feitas no chão pelos moradores mais antigos em anos de copa, a clássica movimentação brasileira pelo esporte que acontece de quatro em quatro anos. Mas além disso, nos históricos do que se tem registrado sobre essa galeria de arte à céu aberto, alguns artistas são reconhecidos como pioneiros das artes nos muros do beco do Batman: O coletivo Tupinãodá , formado pelos artistas Ciro Cozzolino, Zé Carratu, Carlos Delfino, Ruy Amaral e Jaime Prades, além dos graffittis do etíope Alex Vallauri, um dos fundadores deste movimento na cidade de São Paulo e que desenhava nas paredes do bairro muito antes do local ser batizado com esse simbólico nome. 
     

    Alguns desses trabalhos podem ser vistos e acompanhados no próprio Beco do Batman, em exposições, galerias e também em outros murais espalhados pela cidade. Allex Vallauri faleceu no dia 27 de Março de 1987, data instituída pela lei 13903/2004 como dia do graffiti na cidade de São Paulo. Vallauri também dá nome ao projeto de lei 379/2020, que tramita na Câmara de São Paulo para reconhecer a cidade como uma grande galeria de arte a céu aberto, valorizando polos voltados à arte urbana, entre eles o Beco do Batman, que já tem mais de cem obras de arte espalhadas e contabiliza milhões de visitantes anualmente.
     

    E arte de rua, efêmera como é, nessa galeria vai sendo feita e refeita. O morcego do Batman não existe mais em sua versão original e obras de arte expostas nos muros do Beco vão se adaptando àquilo que o tempo dispõe. Logo, antigas obras vão sendo apagadas e outras vão sendo pintadas… Emergindo novos artistas, potencializado a vanguarda e tornando acessível um tipo de arte ao alcance de todos, a de rua!
     

    • As estações de metrô mais próximas são Vila Madalena (linha verde) ou Fradique Coutinho (linha amarela)

    • Os arredores contam com galerias de arte que geralmente vendem obras dos artistas que têm muros grafitados no Beco do Batman

    • O Beco conta com cerca de 140 metros de muros grafitados

    • O Beco do Batman só recebeu iluminação noturna com incentivo do município em 2016, um legado da Virada Cultural desse mesmo ano

    • Em 2020 o Beco do Batman amanheceu pintado de preto. A intervenção foi um protesto ao assassinato de  Wellington Copido Benfati, conhecido como “NegoVila Madalena”, morto por Ernest Decco Granaro, um sargento da PM.

    • Eventualmente feiras de artesanatos acontecem nos arredores, quase sempre aos finais de semana

Faça o Tour e conheça as Galerias de Arte Urbana

Você será conduzido(a) a uma imersão no universo de artistas e suas criações nos espaços públicos. Além disso, você terá a experiência única de fazer um workshop de grafite.

bottom of page